15 de dezembro de 2011

Ele não deve saber,

não deve imaginar, o tamanho da saudade que eu tenho dentro de mim, sem ele fica um vazio, fica um ar de porque, quando, aonde.

Um comentário:

FelisJunior disse...

Olá! boa tarde! É! Saudades! Amor! Tudo a ver!
Boas festas!