9 de agosto de 2010


Eu gosto de você assim desse jeitinho
sem por nem colocar nada 
gosto dos teus mistérios 
e dos segredos que teus olhos não me revelam.
Eu gosto dessas incertezas que você me passa
e desse medo que bate aqui dentro,
gosto dessa esperança que vem junto com você 
e mesmo você partindo ela não parte.
Eu gosto do que sinto, 
mesmo não sabendo se é correspondido.
já não me interessa saber 
eu vou fazer de tudo pra te conquistar 
e não importa quanto essa vontade vai durar
é infinita agora.

Nenhum comentário: