27 de outubro de 2010

Fim de noite

 Eu disse que com você não queria mais nada, você foi embora me deixando um adeus, me senti livre pela primeira vez depois de alguns anos.
Seguindo em frente me arrumei e sai pra curtir com as amigas, conheci pessoas novas que eu gostei, beijei vários caras, dancei até meus pés dizerem chega.
Foi quando veio o fim da noite e eu me lembrei que você não vinha me buscar, sentei-me no calçada do barzinho me vi sem chão, talvez porque eu tenha bebido um pouco há mais nem me preocupei se eu estava jogada ali bem na entrada, eu só lembrei de teus carinhos, do nosso amor e de como eu fui uma otária deixando você pra trás.
Então eu fechei meus olhos e fiz um pedido:  que eu pudesse abraçar você beijar você e durmir nos teus braços e sonhar como eu sempre fazia.
Foi quando você passo com teu carro bem devagarinho com o som bem alto e bom som, abaixo os vidros e foi ai que eu pude ver que o carro estava lotado de menina e você como eu foi seguir a sua vida, só que ele diferente FELIZ SEM MIM.
E eu a troxa que buscava felicidade viu que minha felicidade tava indo embora num golf 2010 preto pra nunca mais voltar.Tudo porque queria curtir minha vida, mas percebi que ela não faz nenhum sentido sem você. ME ILUDI

Um comentário:

Palavras Eternizadas em pingos de Luz! disse...

---Fabuloso, seu espaço...
estou seguindo este conteúdo incrível!

Um abraço Rafah.
http://eternizadoempalavras.blogspot.com/