14 de dezembro de 2010

Ela esperava tanto o começo

 Que o começo, já havia começado a muito tempo e ela só foi perceber ao fim. Sabia que era o fim quando cada um foi seguir teu caminho de vez. Não era isso que ela queria afinal o começo que ela sonhava é que ele pudesse colocar uma aliança em seu dedo, nem que fosse a mais barata e dali em diante eles pussesem seguir a diante um segurando o outro. Mas os sonhos lhe foram destruidos, nada de amor, nada de romance, nada de aliança, tudo não passou de um lance barato que como todo bom lance o tempo leva e levou, e doeu muito ela lembra ( e talvez ainda sinta nas lembranças mais profundas), dueu como se sentisse realmente a dor de seu coração espatifado e seu coração estava sangrando mesmo. Estava gostando dele mesmo pra caramba e entendia que ele só queria curtir a vida, então o deixou livre para decidir o seu caminho, e o caminho qe ele escolheu não foi o mesmo dela. Então descobriu que a pessoa que me lhe fez apaixonar que nunca existi, porque palavras são em vão e atitudes ficam, e ela não tinha nenhuma atitude dele a favor. Agora ela adimite foi só um sonho que eu sonhou e ela está acordando.'


Acordou, embora sinta saudades, e ás vezes crie recomeço nos sonhos, e a esperança venha lhe visitar as vezes, ela sabe que eles nunca poderão ficar juntos, por questões de principios, razões, e por esse mundo ser tão grandão e ter diversas coisas pra se fazer, menos se apaixonar.

2 comentários:

♥ Luciana Mira ♥ disse...

Menina, vc escreve tao bem. Há tanto sentimento em suas palavras que sinto tudo em cada verso.. Parabens!

Emily F. disse...

Muito obrigada fico muito feliz quando recebo comentários assim eles me encentivam.