22 de maio de 2011

Todas as noites, todas as tardes, todas as manhãs. Sempre, sempre. 

Nenhum comentário: